Erva-Mate do Paraná ganha espaço em feira internacional de alimentos no Canadá
Produto paranaense será apresentado em Montreal, em abril. A erva-mate foi identificada como produto com  potencial de abertura de mercado pelo Programa Vocações Regionais Sustentáveis.

A erva-mate produzida no Paraná será apresentada em Montreal, no Canadá, nos dias 20 e 23 de abril, durante a Sial Inspire Food Business (Sial Canadá), maior feira internacional de alimentos e bebidas do país. A divulgação do produto ao mercado internacional é uma ação do Programa Vocações Regionais Sustentáveis (VRS), do Governo do Estado, desenvolvido pela Invest Paraná – entidade vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo.

A erva-mate terá um estande no pavilhão da Câmara de Comércio Brasil Canadá. A feira conta com mais de 1.200 expositores e recebe cerca de 25 mil compradores do Canadá, Estados Unidos e de 60 outros países.

Na tarde desta quarta-feira (09), a Câmara Comércio Brasil-Canadá (CCBC) se reuniu para preparar a missão internacional, com representantes da Invest Paraná, Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), IDR-PR, e dos produtores locais da erva-mate, no Sul do Estado.

POTENCIAL - O VRS identifica produtos do Paraná com potencial de abertura de mercado. Além da erva-mate, o programa atua no Litoral do Estado, com produtores de Morretes, Antonina e Guaraqueçaba. O objetivo é promover produtos típicos do Paraná no mercado externo, gerando mais valor agregado e renda aos produtores locais.

 “O programa Vocações Regionais Sustentáveis é pensado exatamente para alavancar a produção paranaense com foco na sustentabilidade e a erva-mate foi o produto selecionado na região Centro-Sul para nos representar nessa marca”, explica o gerente de Desenvolvimento Econômico da Invest Paraná, Bruno Banzato.

“Durante três dias, teremos a oportunidade de apresentar o produto a com compradores canadenses, além de uma agenda de encontros com clientes potenciais”, informa Banzato.

IMPORTANTE - Após a feira, os integrantes da Câmara de Comércio Brasil-Canadá realizarão visitas técnicas e reuniões em Toronto, até o dia 26 de abril. Para o presidente do Conselho Gestor da Erva Mate do Vale do Iguaçu (Cogemate), Nei Antônio Kukla, é importante o Governo do Estado, através de uma Agência de Fomento, levar empresários e empreendedores do Paraná em missões como essa no Canadá.

“É muito importante apresentar para o mundo os produtos em que a erva-mate é a matéria principal. Produzimos uma erva-mate de excelência, de extrema qualidade e precisamos fazer com que ela chegue aos diversos consumidores mundo afora, porque além de agregar valor, conseguimos vislumbrar novos mercados e dar impulso para essa cadeia produtiva”, disse.

A empresária Elizabete Capeleti, diretora da empresa Capeleti Mate Tea, de União da Vitória, também destaca as ações para divulgar o produto. “Missões internacionais como a Expo Dubai e agora essa feira no Canadá proporcionam maior visibilidade aos empresários e mais valorização dos produtos desenvolvidos aqui no Estado. Com certeza, temos muito a ganhar com isso”, afirmou.

PRODUTO - A erva-mate produzida no Centro-Sul e Sudeste do Estado foi inserida no programa de Vocações Regionais Sustentáveis (VRS) no final do ano passado. A ação é uma parceria entre a Invest Paraná e o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater (IDR-Paraná), com apoio de diversas instituições e órgãos estaduais.

As indústrias buscam o desenvolvimento de itens para além do chimarrão e tererê, nas áreas de cosméticos e alimentos, com foco na geração de emprego e renda. A erva-mate produzida no Paraná somou aproximadamente 638 mil toneladas no último ano, conforme dados do IDR-PR, um crescimento de 17% com relação a 2019.

Já o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) foi de R$ 753 milhões em 2021, segundo dados do Deral. Os municípios com maior VBP são, respectivamente, Cruz Machado, São Mateus do Sul, Bituruna, Prudentópolis e General Carneiro.

ORGANIZAÇÃO - Participam da organização da missão da Câmara Comércio Brasil-Canadá (CCBC) ao Canadá a professora do Departamento de Engenharia Florestal da Unicentro, Daniele Ukan; o gerente de Desenvolvimento Econômico da Invest Paraná, Bruno Banzato; a assessora de Relações Internacionais da Invest Paraná, Bruna Radaelli; o diretor de Relações Internacionais e Institucionais e Desenvolvimento econômico da Invest Paraná, Giancarlo Rocco; o presidente da Cogemate, Nei Antônio Kukla; o gerente Regional do IDR-PR de União da Vitória, Rubens Sieburger Costa; o chefe de Núcleo da Regional da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab) de União da Vitória, Carlos Rasera; e representantes do líder do Governo na Assembleia Legislativa do Paraná, Hussein Bakri.

Clique aqui para acesso completo da notícia.


Oficina VRS Mata Atlântica - Todas as Notícias
Veja a repercussão do programa Vocações Regionais Sustentáveis (VRS) Mata Atlântica, após a primeira Oficina de Integração