VRS.png
vrs_miringuava_cor.png

            A Invest Paraná, em conjunto com a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Turismo - SEDEST,  desenvolve o programa de Vocações Regionais Sustentáveis do Paraná, que tem como um de seus componentes o desenvolvimento da cadeia de valor de protudos oriundos do entorno da barragem do rio Miringuava.

Miringuava

 

A região do Miringuava em São José dos Pinhais possui uma grande importância social, cultural e ambiental, sendo extremamente rica em sua gente, sua história e seus recursos naturais .

Neste sentido, o desafio que se enfrenta é o de desenvolver a região trabalhando lado a lado com os produtores locais, para explorar de forma sustentável os potenciais da região, dentre os quais, os recursos hídricos do rio de mesmo nome.

Já em processo de construção, a represa é a maior aposta do governo do Paraná para reforçar o abastecimento de água em Curitiba e Região Metropolitana, com capacidade de armazenamento estimada em 38 bilhões de litros e produção de 2 mil litros por segundo.

 

 

miringuava-960x540 - sanepar.jpg

Foto: Sanepar

 

O Programa

 

    O desenvolvimento de produtos locais do entorno da Bacia do Miringuava, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), foi debatido com a comunidade em encontro promovido pela Invest Paraná, Sanepar, e Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Paraná (IDR-PR), com apoio da prefeitura.

     O tema foi objeto de acordo de cooperação firmado entre a Invest Paraná e a Sanepar, com o objetivo de aprimorar o trabalho já desenvolvido junto aos agricultores da Bacia do Miringuava, diretamente impactados pela construção da barragem.

     A valorização da cultura e dos produtos locais será feita pelo Programa de Vocações Regionais Sustentáveis (VRS). De acordo com o assessor técnico da Invest Paraná, Bruno Banzato, o programa estadual vai complementar as ações já desenvolvidas pelo Planejamento de Desenvolvimento Socioterritorial do Miringuava (PDST), do município.

     “O Programa de Vocações Regionais surgiu exatamente para impulsionar o desenvolvimento local e abrir portas nos mercados nacional e internacional”, disse. “Estamos buscando produtos sustentáveis para mostrar ao mundo e, assim, promover o desenvolvimento do Estado do Paraná, criando uma marca no Estado”.

     “A Sanepar é parceira das comunidades onde atua. Na região do Miringuava, temos vários projetos em desenvolvimento e esse encontro trouxe novas possibilidades de ampliação das ações conjuntas”, afirma o diretor de Meio Ambiente e Ação Social, Julio Gonchorovsky.

Sistema de Plantio Direto em Hortaliças

 

          Trazido pelas mãos do IDR-PR, Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, o Sistema de Plantio Direto em Hortaliças (SPDH) já completa seus primeiros ciclos na região do Miringuava e seus resultados já podem ser confirmados.

Dentre os benefícios desta metodologia de plantio constam o aumento da absorção de água pelo solo e consequente abastecimento dos lençóis freáticos, redução de pragas e contaminação das hortaliças, melhor aproveitamento das colheitas, a redução ou mesmo fim do uso de agrotóxicos e outros potenciais contaminantes que do solo e água.

Mais informações sobre o SPDH podem ser encontrados na publicação da Epagri/SC.